Coronavírus: como ensinar as crianças a se protegerem?
Saiba como prevenir acidentes na infância, vídeos, brincadeiras e mais. Baixe agora o e-book do Angelino. Confira!
Prevenção de acidentes, brincadeiras infantis, e-book Angelino, brincadeiras, educação infantil, vídeo infantil, educação brincando
50096
post-template-default,single,single-post,postid-50096,single-format-standard,theme-bridge,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,vss_responsive_adv,columns-4,qode-theme-ver-8.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

Coronavírus: como ensinar as crianças a se protegerem?

coronavírus

30 maio Coronavírus: como ensinar as crianças a se protegerem?

Crianças também precisam aprender a se prevenir do Coronavírus. Saiba como explicar!

Pais e professores devem reforçar as indicações de higiene e prevenção de doenças em tempo de Coronavírus. Afinal, a disseminação da Covid-19 tem mostrado números alarmantes à população.

Sendo assim, nosso anjinho distraído separou algumas dicas para quem cuida das crianças saberem orientar de forma fácil e eficiente quais são os hábitos básicos de higiene necessários para a prevenção do vírus. Veja só:

Explicando a doença

Crianças não precisam de muitos rodeios. É necessário explicar de forma simples e objetiva que eles já irão entender que se trata de um vírus novo, diferente da gripe, que transmite através de espirro, catarro e pequenas gotinhas de saliva, quase invisíveis, que saem da boca quando falamos.

É interessante também explicar que, por enquanto, não existe uma vacina e que, por isso, a criança deve prestar bastante atenção para aprender a se prevenir.

Não é necessário deixá-los em pânico, afinal, o Coronavírus transmite uma doença que se chama Covid-19, e que para evitá-la é só tomar alguns cuidados de higiene. Evite falar sobre mortes e números de infectados para não deixá-las com medo!

Explicando como se prevenir do Coronavírus

Para as crianças ficarem cientes de como devem se prevenir, primeiramente, os pais e educadores devem dar o exemplo. Todos sabemos que crianças tendem a repetir o que costumam ver. Então, lave as mãos sempre que chegar em casa, use álcool em gel quando necessário, limpe todas as superfícies de toque das mãos, use máscaras de proteção se precisar sair de casa e não toque no rosto (olhos, boca, nariz) sem antes ter lavado as mãos. 

Também é importante que você converse e ensine como essa higiene deve ser feita. Exemplo disso é a lavagem de todo o dorso das mãos, entre os dedos, palmas e punhos. Oriente, inclusive, a não cumprimentar as pessoas que por acaso encontrar quando precisar sair de casa. Um tchauzinho à distância mínima de 1 metro já é suficiente e indicado por especialistas, por enquanto.

Em caso de contaminação

Bem, neste caso, se seu filho está com  os sintomas de gripe: espirrando, tosse e febre por mais de 24h, é preciso acionar os agentes de saúde. Em caso de qualquer suspeita de contaminação, procure atendimento médico!

COMPARTILHE SUAS DICAS COM O ANGELINO!

Gostou das nossas dicas sobre como conversar sobre o Coronavírus com as crianças? 

Que tal ler nosso último artigo sobre como manter sua casa segura para as crianças em quarentena? (linkar último post)

Se você já faz isso e tem outras dicas, compartilhe com a gente enviando seus comentários! Clique aqui para conhecer mais sobre o Angelino!

Sem comentários

Enviar um comentário